Imagine aquela sensação de liberdade aliada a uma paisagem espetacular! Assim é um voo livre. Se tu ainda não experimentou, saiba neste post como fazer um voo de parapente em Torres – uma aventura imperdível!

Tudo começa com o praticante tirando os pés do chão e, de repente, sentir que está voando! Também chamado de paraglider, o parapente é uma modalidade de voo livre que atrai cada vez mais pessoas.

A paisagem única de Torres – em que a orla marítima conta com paredões rochosos – é um diferencial para os aventureiros. O voo de parapente em Torres proporciona ao praticante olhar de cima o encontro do mar com as falésias.

Torres apresenta ainda outra vantagem para a prática do esporte: conta com rampa natural – totalmente gramada – com fácil acesso. O local de partida mais indicado para os praticantes é também um dos principais pontos turísticos de Torres – o Morro do Farol. 

Por ter fácil acesso, o Morro do Farol facilita o transporte dos equipamentos necessários para a prática. É considerado um mirante natural e, durante o inverno, é o ponto indicado para contemplação das baleias Franca, que podem ser avistadas no litoral gaúcho.

Trajeto do voo de parapente

O trajeto para o voo de parapente em Torres passa pelas mais belas praias e paisagens da cidade. Entre os locais que podem ser vistos de cima durante o passeio estão a Praia Grande, a Praia da Cal e a Prainha, os parques da Guarita e Itapeva, as furnas, a Lagoa do Violão e as serras.

Durante a alta temporada, é comum avistar nos céus de Torres dezenas de paragliders fazendo voo ao mesmo tempo. O passeio é conduzido por um instrutor, que garante a segurança da experiência. Depois do sobrevoo, o pouso pode ser feito no próprio Morro do Farol.

Dicas para a prática

A prática de parapente é considerada segura, mas exige que o praticante tome alguns cuidados. Se tu não possuir experiência e autorização para o voo, a dica número 1 é voar sempre com um instrutor homologado.

Para que a aventura seja inesquecível e bem-sucedida, acompanhe outras dicas.

  • Siga à risca as orientações do instrutor;
  • Inicialmente, a orientação deve ocorrer com os pés no chão;
  • Busque informações sobre a prática;
  • Procure também informações sobre as previsões climáticas – mas, esteja preparado, pois o clima pode mudar abruptamente;
  • Para evitar enjoos ou mal-estar, faça uma alimentação leve, ingira muita água e consulte um médico se precisar de medicamentos.

O voo de parapente passa pelas etapas de preparação, planejamento e realização. Se tu seguir essas recomendações, possivelmente terá mais chance de um voo tranquilo. 

Tu não deve esquecer ainda que um esporte radical exige precauções, mas isso não significa deixar de lado o prazer do momento. Tente se soltar e aproveitar ao máximo o teu passeio. 

Além do voo de parapente, Torres conta com uma série de outras opções de esportes radicais, aventuras e passeios para quem quer curtir a natureza. Para saber mais, acesse o site Descubra Torres: clique aqui.